terça-feira, 16 de dezembro de 2014

A sangue frio

Agora que a poeira assentou parece-me importante realçar alguns factos mais a frio no rescaldo do clássico:

- Maxi Pereira tem (já devia) de renovar. Tenho esta opinião não só pelo jogador de raça e entrega que é mas Sobretudo pelo que representa no balneário. Juntamente com Luisão (já lá iremos) um símbolo da Mística, mesmo não sendo português!
- Talisca tem marcado menos golos...mas começa a render colectivamente muito mais! Que junte agora o jogo de equipa aos golos do início do campeonato!
- Julio César já não é novo, já não vai evoluir mais que o actual nível...mas ainda assim é de longe o melhor guarda redes cá do Tugão. Experiência a rodos que, não fazendo esquecer Oblak (pelo menos a mim...), dá-me imensa segurança. Quer me parecer que a dá também aos colegas da defesa.
- Lima será sempre isto. Muita luta é muita inteligência. Certos dias a bola entra...outros não. Por mim continua a ser fundamental neste tipo de jogos.
- Luisao é já uma lenda do Benfica. Pensemos todos um pouco sobre isto quando o vemos jogar...este é daqueles que daqui a uns anos vamos dizer "Isso é que era um jogador à Benfca!". Ídolo.

- Jesus ganhou no dragão mas até não acho que tenha sido o nosso melhor jogo lá. O jogo que perdemos no minuto 92 foi mais bem conseguido...simplesmente faltou a pontinha de sorte que tivemos este fim de semana, o facto de um cepo ter marcado um autêntico chouriço...e o problema de termos uma idosa de 80 anos a guarda redes.
 
Agora é rezar...
Rezar que Enzo e Gaitan não saiam. Que Amorim regresse em grande da lesão. Que a estrelinha sempre nos acompanhe...e mesmo quando não acompanhar que ganhemos na mesma!


Agora é por a carne toda no assador para a Taça que o jogo não é para brincadeiras! 
É hora de embalar para os títulos e deixar toda a gente para trás!

Carrega Benfica!


domingo, 14 de dezembro de 2014

A todos um BOM NATAL!

Evangelho segundo Jesus:

Houve ouro, incenso e Lima de presentes neste Natal!!  

                                                                       

sábado, 6 de dezembro de 2014

Rosa sem espinhos

Ponto prévio: Acho ridículo o Miguel Rosa e o Deyverson não terem jogado na Luz. Se o CONTRATO deles é com os Belenenses e é realmente este o clube que lhe paga os ordenados então só têm de jogar. Final de assunto.
No entanto...se houve um acordo para que eles não jogassem então foi entre as DUAS partes e tão culpado é o Belenenses como o Benfica. A culpa não é só do "mauzão" Benfica que impôs isso ao Belém. Se eles se sujeitaram...são igualmente culpados.

Falando do que realmente interessa: Belenenses apostado a garantir o "pontinho" com o Benfica a carregar durante o jogo todo. Vitória justa que podia ter sido ainda mais dilatada...perante um Belenenses que foi realmente uma rosa sem espinhos.

Para quem foi ao estádio (e foram bastantes, segunda melhor casa do ano) valeu a pena só para ver Gaitán. É um privilégio e resta-nos aproveitar enquanto ele ainda cá anda:

video

Fantástico.

domingo, 30 de novembro de 2014

Lamber feridas

Foi, de facto, uma boa noite para lamber feridas:

- Adversário fraco.
- Treinador adversário fraquíssimo.
- Jogo controlado do inicio ao fim.

Além do grande jogo de Gaitán (que classe) há para mim um jogador que continua a ser absolutamente fundamental: o nosso capitão Luisão.
Para além do golo que fez, foi notória a influência na segunda parte a "limpar" a defesa...Enorme.

 

"Só de vestir a camisola do Benfica, a motivação já está lá em cima" (Luisão no final do jogo)

Um exemplo!



P.S. - Prezo sinceramente que a malta dos petardos um dia lhes rebentem 20 petardos entre os glúteos. Sejam de que clube forem. Depois ainda se admiram de levar no lombo da polícia...só se perderam as que não deixaram marcas.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Adeus Enzo


Vamos todos dizer adeus ao Enzo:

Adeus Enzo! 
Teres durado até Janeiro (que é como quem diz até sermos eliminados da Champions) já não foi mau.

E obrigado Mister por depois do Matic voltar obrigar-nos a despachar o nosso melhor médio.


P.S. - Quando não se sabe mais vale mesmo não inventar...prometo que não volto a reclamar quando não fizeres substituições Jorge.

sábado, 22 de novembro de 2014

Classe

Grande pormenor também do Derley que fez hoje mais um jogo muito esforçado...mas esta finalização é de outro nível.

Já vão 7 golos em 6 jogos.

Nada mal para um jogador que diziam estar "acabado".



Temo que nos irá fazer muita falta na quarta contra o Zenit.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Óscar

Em altura de intervalo nas competições para jogar o clube das gajas (como diz, e bem, o Gordo) a malta desespera por ver mais Benfica e tudo que seja associado a ele. 
Ora quem sabe explorar como ninguém esta "fome" é a nossa comunicação social que hoje nos presenteia com uma entrevista ao Óscar Takuara Cardozo na qual o melhor goleador estrangeiro da história do Benfica diz que tem saudades de Lisboa, que nunca jogaria noutro clube em Portugal e que será adepto benfiquista o resto da vida.

Enquanto todas estas palavras vão direitinhas ao sentimento de qualquer adepto benfiquista que se preze....eu discordo.
Se o Cardozo gosta assim tanto do Benfica e quer o nosso melhor acho que ele devia neste momento assinar pelo Porto ou pelo Sporting. Ou pelos dois.
Na forma em que está nestas férias lá na Turquia, para o nosso Takuara marcar golos já não é muito com ele. Posto isto acho que ir para o Porto (bela cidade, pena aqueles montes de esterco de azul que lá jogam à bola) tirar o lugar ao Jackson era uma excelente ideia: os penaltys continuavam a ser falhados e os golos desapareciam também. Acho que era o mínimo que podia fazer o nosso Óscar, como adepto benfiquista que diz ser.

Já no Sporting ainda assim se calhar se habilitava a marcar mais golos que o Slimani e o Montero juntos. É melhor deixar essa ideia de lado.


Falando mais a sério, foi com muito gosto que "ouvi" as palavras do Takuara e foi porventura dele o golo que mais celebrei até hoje, que nos deu uma das vitórias que me fizeram chorar de alegria na Luz:

(ainda hoje me arrepio todas as vezes que vejo isto)

Na nossa história, no nosso património e nos nossos corações Óscar Cardozo pertence à categoria dos Imortais. 
Muitas vezes injustiçado, mal amado e criticado por tantos (eu me incluo neste lote) o que fica ao olhar para trás é gratidão a este grande jogador.


Volta sempre, Takuara!

terça-feira, 4 de novembro de 2014

As razões de termos vencido o Mónaco

Hoje a noite foi tua, Júlio! Sobretudo tua.


Por outro lado não há mais também como fugir de outro facto por demais evidente: Talisca é craque e está a crescer de dia para dia. Hoje jogou, marcou, passou....levou a equipa para a frente. Mas que craque, o garoto!


sábado, 1 de novembro de 2014

Perspetivas, anormais

Ontem tive um dia deveras estranho. Acordo, levanto-me da cama e dirijo-me até à porta do quarto. Mas como podia eu saber que aquilo era uma porta? Agi por instinto e puxei a maçaneta. Parece que afinal estava certo, aquilo era uma porta. Desloquei-me até à cozinha para tomar o meu café com leite. Mas que caraças, seria aquele enorme objeto branco a cerca de 5 metros de mim o meu frigorífico? Podia ser um fogão. Ou uma lata de feijões. Como poderia eu saber estando a 5 metros do objeto. Agi mais uma vez por instinto e tentei abrir a porta. Consegui. E lá dentro estava o leite. Que sorte a minha, mais uma vez havia agido por instinto e mais uma vez tinha acertado. Desloquei-me depois de um pequeno-almoço de sorte para a casa-de-banho, de modo a poder tomar um duche. Mas outra vez me via em grandes dúvidas. Seria aquele o meu duche. Ou seria o foguetão da NASA que explodiu há uns dias. Dificilmente conseguiria eu banhar-me num foguetão destruído, mas arrisquei. E acertei mais uma vez. Estando eu num dia de sorte, decidi testar algo novo. Vejo uma senhora deixar cair uma nota de 20€ ao chão. Agindo não por instinto, mas em claro benefício da senhora, aviso a senhora e entrego-lhe a nota. Qual não é o meu espanto quando, em corrida desenfreada, aparecem três matulões e começam a agredir-me. Dizem eles que, embora todos soubéssemos que a nota era da senhora, eu devia ficar com ela porque não podíamos ter a certeza que a nota era realmente da senhora. Estávamos a uns metros dela e há milhões de notas iguais àquela. Como podia eu ter a certeza que a nota era da senhora? Acabei por permitir que a senhora levasse a nota embora, mas continuei durante alguns minutos a ser pontapeado e socado por aqueles indivíduos.

É óbvio que vocês já perceberam a que se referem todas estas metáforas. Mas para quem não percebeu, não interessa se o raio do árbitro estava a 5 metros de onde devia estar ou se estava a apanhar sol numa praia nas Maldivas. Se acertou na decisão, o Benfica foi beneficiado, seus acéfalos? E se me vierem falar em linhas tortas, eu falo-vos em perspetiva. E se me vierem falar em roubos constantes a favor do Benfica, eu falo-vos de Braga, de excelentes clínicas oftalmológicas e ainda de sandes porque estou a ficar com fome. Mas pode até não ser fome, quem sabe? Pode ser só comichão no braço esquerdo. Acho que vou coçar o braço em vez de comer, a ver se a fome passa.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Ainda estamos em primeiro, minha gente!


«Em Braga, houve clássico, com a equipa da casa a bater o Benfica sem margem para dúvidas, num jogo sem polémicas, bem jogado e onde imperou o fair-play e o jogo justo. Quem aproveitou a derrota do Benfica foram o Porto e o Sporting que se distanciaram ainda mais na frente da classificação, deixando os encarnados com poucas chances de chegar ao primeiro lugar.
Os leões cumpriram em casa frente ao Marítimo, depois da excelente vitória em Gelsenkirchen, que deixou os leões em excelente posição para passar aos oitavos-de-final. Já o Porto continuou a sua excelente série de vitórias contra uma equipa que deu bastante luta. Os dragões esperam esta segunda-feira pelo sorteio da Taça de Portugal para saber quem defrontam na próxima eliminatória enquanto o Sporting não precisa do sorteio, uma vez que já conquistou a competição na eliminatória anterior. O Benfica, como se sabe, foi eliminado.»

Isto seria o meu texto se fosse jornalista neste país. Embora não exagerem tanto como isto, acho que aceitavam este texto. Tudo isto para dizer que o Benfica merecia ter ganho? Claro que não, não jogamos uma merda. Houve más opções de JJ, desde logo começando pelos convocados, deixando Derley e Guedes de fora para convocar Jara e Tiago e depois tirando Samaris (que até estava a ser dos melhores do Benfica), recuando Talisca, que não aguenta um meio-campo a 2 ainda. Por outro lado, eu também não teria feito mais substituições também. Gaitán e Salvio cansados fazer mais do que qualquer jogador que entrasse, na minha opinião.

E mais uma vez, o Braga transformou este jogo no jogo da época. Numa guerra que só eles percebem o porquê de existir (será por terem Sporting no nome? Ou será alguma espécie de guerra do Norte contra Sul, mas só contra o Benfica), o banco levantava-se a cada falta, Micael e Pardo reclamavam como se estivessem a ser expulsos de casa por incumprimento fiscal e qualquer jogador do Braga tinha a devida autorização para ir com os pés (ou o corpo todo) onde quisesse, sem qualquer impunidade. O Benfica não perdeu por causa do árbitro, atenção. Mas num jogo tão difícil, que os gajos de Braga sempre gostam de tornar numa guerra só sua, é mau ter um árbitro destes, que erra demais.

O Benfica continua em primeiro e é isso que importa neste momento. Convém, apesar de tudo, que a equipa técnica e jogadores tenham a noção que, sempre que a dificuldade do jogo este ano aumentou, o Benfica não ganhou. Por esta altura, o Benfica de Jesus costuma carburar tanto como tem carburado este ano (ou seja, muito pouco) mas a falta de opções válidas aos titulares é desesperante (pré-época mal planeada, mais uma vez). Mas apesar de tudo, ainda somos líderes, por muito que isso custe a tanta gente.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Promiscuidades inaceitáveis

A aproximação aos corruptos que temos vistos nos últimos dias (semanas), por motivo da nomeação do novo presidente da liga, nada mais do que asco me faz sentir.

Não consigo conceber que o Sport Lisboa e Benfica considere sequer retomar ligações com aqueles que foram (são) responsáveis pelos anos mais negros do nosso clube. Pelas maiores humilhações ao nosso símbolo. Pelo escárnio e ódio que sempre fizeram questão de vincar.

Até ao limite não quis coniderar que isto pudesse acontecer, mas a nomeação de Luís Duque (figura ligada ao período mais negro do Sporting onde eles eram claramente um peão dos corruptos) não deixa margem para dúvidas: O Polvo continua a mexer-se e quando parece que não há mais cartadas...saca do seu maior trunfo, o Benfica!

Sempre ouvi dizer que à mulher de César não lhe basta ser séria, também tem de o parecer. O que o LFV fez não parece sério, duvido que de todo que possa ser sério e faz-me questionar as verdadeiras intenções de quem comanda o nosso clube. 

PORQUE OS FINS NÃO JUSTIFICAM OS MEIOS.

Espero que uma assembleia geral seja convocada para breve, uma explicação, um esclarecimento acerca deste rumo....qualquer coisa! Mas neste momento a capacidade de acreditar em quem dá as explicações é muito pouca. Tudo isto cheira demasiado mal e quando muitos (quase todos? onde eu próprio me incluo) acusavam muitos blogs, personalidades, jornalistas, de serem "velhos do restelo" ou "talibans"...agora fico na dúvida de quem estaria de facto cego.

Espero bastante estar redondamente enganado a respeito de tudo isto. Que os valores e interesses do  Benfica estejam de facto a ser protegidos. Que estejamos ainda e sempre a lutar pela transparência no futebol português...apenas me custa a ver tal coisa de momento.

Não quero títulos sujos como os dos corruptos, não quero vitórias vazias e encomendadas, não quero criminosos a mandar no desporto...quero que o BENFICA seja o clube democrático e da verdade desportiva como sempre foi! 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Pedro Nojento Proença

Era este o filho de uma grande porca que era sócio do Benfica?

Era este seboso nojento que era o melhor árbitro do mundo?

Era este peneirento vaidoso que era imparcial e "só" se enganava a favor do Porto?

É este o grande filho de uma rameira que vamos ter de continuar a levar em todos os jogos decisivos?


Ai se tu entras no Colombo não há mil macacos que te safem, vendido corrupto!
É por cenas tristes destas que sei que temos de ser MUITO melhores que os corruptos andrades para sermos campeões!

Olho aberto malta...o Peidoso e as suas cadelas continuam à solta...

sábado, 11 de outubro de 2014

Jesus em entrevista (que prazer é ouvir o nosso mister)

Jesus tem, como todos nós, muitos defeitos: é teimoso, pouco receptivo a críticas, vingativo por vezes...mas se há coisa que absolutamente lhe pode apontar é não perceber de futebol.

Quando fala, numa entrevista bem conduzida, sem bazófias nem recados é de facto um prazer ouvir o nosso mister falar daquilo que o move é que o apaixona: futebol.


Fiquei muito feliz sobretudo ao ouvir as suas palavras sobre o Nélson Oliveira (que irá ter a sua oportunidade) e sobre o Júlio César. Espero sinceramente que o Nélson conquiste o seu lugar pois apesar de concordar com Jesus quando diz que para ele tanto faz se um jogador é português ou não desde que tenha qualidade e que sejamos campeões...se pudermos juntar a isso o facto de ser um jogador das nossas escolas acho que dá um gosto ainda mais especial às conquistas. 

De Júlio César passa a ideia que será claramente o titular apesar da mensagem de confiança ao Artur. Que Artur seja relegado para o banco o mais rapidamente possível continua e continuará a ser o meu desejo até que o possamos mandar definitivamente porta fora.

Não entro também no coro de críticos (aqueles que criticam por tudo e por nada...) que dizem que as entrevistas são para ser dadas antes da época começar ou depois da mesma acabar...uma interrupção para a nossa completamente inútil selecção jogar pareceu uma excelente oportunidade para fazer o ponto de situação ao início de época.

Força nisso mister...e se der para pelo menos continuarmos nas competições europeias a malta agradecia!

Quem quiser ver a entrevista completa pode sempre ir encontrá-la no glorioso fórum SerBenfiquista (agora também conhecido por SerCampeão)!

domingo, 5 de outubro de 2014

Taliscwat

Jogo fraco durante mais de uma hora mas hoje ficou demonstrado o que são "15 minutos à Benfica"!
Adoro golear equipas que estacionam o autocarro, e este Pedro Emanuel ainda está para aprender a treinar de outra maneira...

Talisca continua a ser o nosso abono de família e hoje desbloqueou o jogo, Ola John a ganhar (muitos!) pontos, Jonas estreou-se a marcar e Lisandro para mim é para apostar à séria. WanDerley Carabina a justificar mais que Django Lima a titularidade neste momento...(apelidos carinhosamente roubados ao facebook do blog Cabelo do Aimar, sois os maiores!).

Artur muito bem hoje...mas continuo a desejar que nunca mais vista a camisola do glorioso. Prefiro o Bruno Varela, o Paulo Lopes, o Marafona, o Boicochea, o Bossio, o Bruno Cortez e o Zé Cabra na nossa baliza que ele. Não me lixes oh Jesus.

Fica aqui a arrancada e golo daquele que a ESPN brasileira chama de Yaya Talisca (até se mijaram todos quando ele marcou o golo):

                      

E neste momento esta é a reacção que Eu, todos os benfiquistas, largartos, corruptos, o Mourinho e o Alexandre Dumas têm quando reparamos que o Yaya Talisca é o melhor marcador da Liga à frente do Jackson:

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

O que queremos afinal da Europa?

Li há pouco no facebook d'A mão de Vata: "Seria de todo interessante que o SLB explicasse definitivamente quais os objectivos com que aborda a Liga dos Campeões. Desta forma, os adeptos poderiam balizar as expectativas com que assistem à participação do Glorioso na competição e talvez se abrisse um vislumbre sobre o mistério que é a falta de ambição, concentração, entrega, e até preparação para os jogos da principal competição uefeira, especialmente quando comparados com a participação do clube nas outras provas nacionais e internacionais. E por favor, que ninguém se desculpe com a valia dos adversários... já vi o SLB jesuita perder com hapoeis, celtics e olimpyakos na Champions e bater inapelavelmente tottenhams e juventus na Liga Europa."

Está aqui um ponto demasiado importante. Como aborda a direção em conjunto com a equipa técnica a Liga dos Campeões. As prestações nesta competição têm sido medíocres nos últimos anos e não há maneira de as mudar (retirando a de 2011/12). E o problema nem é principalmente deste ano, já que toda a gente é capaz de ver que temos um plantel curto para a Champions embora isso não possa explicar exibições como a de hoje ou dos primeiros 20 minutos contra o Zenit. Mais estranho ainda é ver jogadores que procuram dar o salto fazerem exibições destas na principal competição de clubes do Mundo. E por muito que JJ o diga, uma final da Liga Europa não tem sequer 1/4 do prestígio de uns quartos ou até oitavos da Champions. Por muito que tenha gostado das festas que fizemos em Amesterdão e Turim e nos jogos das meias-finais, a competição dos grandes é a Liga dos Campeões. E é lá que o Benfica tem de estar a competir.

domingo, 28 de setembro de 2014

Levados ao colo

Hoje tenho de estar de acordo com os antis desta vida: é injusto que o Benfica entre em campo sempre em superioridade em relação ao adversário. É mesmo inadmissível o facto de ser permitido ao Benfica entrar em campo com tantos jogadores como o adversário sabendo da qualidade que jogadores como Gaitán, Enzo, Salvio ou Talisca têm apresentado. Aliás, devia ser proibido deixarem jogar o Gaitán e não restringir a equipa a uns 6 ou 7 elementos. É de facto algo que deve ser discutido numa reunião extraordinária da Liga. Conheço uma bomba de gasolina aqui perto de casa perfeita para isso.

Já agora, dá-me um gozo enorme saber que temos no plantel o remédio certo para "treinadores" dragartos com a mania:

Imagem roubada ao Rennie. Muahahahah

A caravana passa, os cães ladram, o Bruninho diz que quem não chora, não mama (whaaaaaaaaaaaaaaaaatttt????) e o Benfica vai aumentando a distância e, embora eu saiba que está tudo muito longe de estar ganho, o Benfica vai-me alegrando. Só peço é que não sofram mais golos do Kléber que isso magoa-me o coração...

BORA BENFICA!

domingo, 21 de setembro de 2014

À Lei da Bomba!



Este foi claramente um golo "à Isaías"!! Que  tiraço do Eliseu a redirmir-se da soneca que tinha tirado no golo do Moreirense e a acordar de vez o Benfica para a vitória!  Noutros tempos este jogo teria corrido mal e estaríamos aqui a queixar-nos da falta de sorte, das bolas no poste, do guarda redes adversário...mas a nossa equipa acreditou sempre e trouxe os 3 pontos! Não posso pedir nada mais!


Apenas para matar saudades do nosso pontapé canhão e de um jogador que muito admirei enquanto criança:


Ídolo!!


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Toca a mamar choco frito!

                                    "Pimenta no cu dos outros para mim é refresco!"                                    

                                                          

Sodomizar os chocos fritos já é algo sempre bom...com o Choramingos a treinador sabe bem a dobrar!

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Aqui há talento nº2 - Gonçalo Guedes

Estive um pouco hesitante em fazer este texto. O último que fiz foi sobre o Bernardo Silva, um dos maiores talentos das últimas décadas da nossa academia, e ele foi praticamente empurrado para um Mónaco do qual as esperanças que volte são bastante magras...

No entanto este jovem dá-me esperança que possa vir a ser um dos rostos do tal "Benfica made in Benfica" e como tal aqui fica a análise:


Gonçalo Manuel Ganchinho Guedes é um avançado de 17 anos que está no Benfica desde 2005 e que já se estreou profissionalmente a 19 de Abril de 2014 pelo Benfica B.

Foi uma das figuras da Uefa Youth League (Champions para sub-19) na qual marcou 4 golos e foi uma das figuras da competição. Na retina fica o seu golo de bicicleta contra o PSG.

 

Com dois títulos nacionais nos escalões jovens (sub14 e sub16) Gonçalo foi a figura maior do épico jogo do título contra o Futebol Corruptos do Porto no qual enfiou um melão direitinho na peida do guarda redes andrade que segundos antes o provocava apontando para a insígnia de campeão...passados 20 segundos Gonçalo Guedes selava um golaço e as mudanças dessa mesma insígnia para o equipamento do Sport Lisboa e Benfica.


 
O Karma nunca dorme.

Neste momento Gonçalo Guedes afirma-se na equipa B do Sport Lisboa e Benfica apenas com 17 anos e promete mais a cada dia que passa levando já 2 golos em 4 jogos disputados. Esperemos que o seu pé direito continue a fazer estragos ao serviço do nosso clube!

Haja coragem para apostar nestes jovens na equipa A e não apenas dar-lhe meia dúzia de minutos muitas vezes contra equipas de carregadores de baldes de messa vindas dos escalões terciários e em "relvados" impraticáveis. Haja coragem para apostar na nossa formação ao invés de gastarmos milhões muitas vezes contratando jovens de outras formações.

Muito se diz que não interessa a nacionalidade do jogador desde que haja qualidade. Pois eu digo que sabendo da qualidade que temos em casa faz toda a diferença um jogador que sente o clube e a camisola do que um outro qualquer que vem cá apenas de "passagem" e que força a saída ao primeiro sinal de petrodólares. Neste momento fico um pouco mais tranquilo ao saber que o agente deste jovem AINDA não se chama Jorge Mendes...esperemos que nunca o seja.

Não tenho dúvidas que o Gonçalo tem qualidade para se afirmar no nosso clube, tal como tinha o Bernardo e tal como mais uma mão cheia de jovens da nossa formação também tem. Saiba o nosso clube dar-lhes as oportunidades certas! 


 
O futuro passa por aqui!


terça-feira, 2 de setembro de 2014

Prós e contras do mercado para os lados da Luz

O mercado de verão trouxe diferentes discussões para cima da mesa no que ao Benfica diz respeito. Há contentamento por certos movimentos e descontentamento por inércia em outros tantos. Mas foi positivo ou negativo o mercado para o Benfica?

Pró: As duas últimas contratações trouxeram qualidade a um setor que necessitava.
Contra: Esqueceram-se do ataque.

Pró: Eliseu é claramente a surpresa por entre os contratados.
Contra: Não há defesa-esquerdo para culpar este ano se houver insucesso.

Pró: Contratamos alguns jovens com potencial.
Contra: Mandamos embora outros com potencial maior ou igual.

Pró: Os restaurantes agradecem o regresso do Michel.
Contra: Muitos donos de restaurantes tiveram de se mudar para a Corunha e Criciúma.

Pró: Enzo Pérez manteve-se no Benfica.
Contra: Só existe um Enzo Pérez.

Pró: O Gaitán também se mantém.
Contra: Não há. A sério! Nico, Nico, Nico, Nico....

Pró: Terminou o período de transferências e os jornais vão deixar de publicar notícias sobre a venda do Enzo.
Contra: Ahah you wish! Já hoje o dão como transferido em Janeiro. Dear God...

Pró: O Monaco está mais fraco.
Contra: O Olympiakos também era fraco...

Pró: Os adeptos do Milan insurgiram-se contra a venda do Cristante.
Contra: Onde é que eu já vi disto para estes lados..?

Pró: Contratámos um guarda-redes de classe mundial que quer cá estar.
Contra: Vendemos um de qualidade inegável e com muito potencial (pela cláusula e por isso nada podíamos fazer, mas ficamos a perder) e no meio disto tudo ainda oferecemos um golo aos lagartos. Ah esperem! Afinal o Sporting jogou melhor que nós e aquele foi um acaso de um jogo que devíamos ter perdido por 3-1.

Pró: Ganhámos bom dinheiro com o Rodrigo e o André Gomes.
Contra: Não se arranja um avançado para o substituir em mais de 7 meses???

Pró: Relatos dão conta do interesse do Jesus em trabalhar o Gonçalo Guedes.
Contra: Jesus pensou no Jara antes disso.

Pró: Conseguimos enviar embora alguns dos jogadores desnecessários.
Contra: Contratámo-los para quê mesmo?

Pró: Tivemos regressos de jogadores que devem ser saudados (Ola John, Pizzi, Lisandro e Sílvio) e que trazem qualidade.
Contra: O plantel é mais fraco do que o da época passada.

Pró: Apesar de o plantel mais fraco, não significa que não haja capacidade para uma boa época.
Contra: Será difícil repetir a temporada passada.

O mercado acabou finalmente e agora é altura de lutar com estes. Se reclamamos pela ausência do avançado, a venda do Garay ou os "empréstimos" do Bernardo, Ivan e Cancelo, somos também capazes de congratular a direção e treinador por ter conseguido Samaris, Cristante ou Júlio César e até a insistência no Eliseu. E ainda, aquilo que parece uma aposta no Gonçalo Guedes (veremos).

É com estes que vamos à luta e são estes que defendem o Maior do Mundo. São estes os nossos guerreiros e é neles que acredito. BORA BENFICA!

Assim foi o mercado do Benfica

Como me senti ontem à noite quando percebi que vamos ter de levar com o Jara o resto da época...



É muito isto...

Engraçado também como despachamos jovens da nossa formação para irmos buscar...jovens da formação dos outros. 

domingo, 31 de agosto de 2014

Benfica - Sporting



Odeio não ganhar, odeio perder oportunidades para nos distanciarmos de um rival e odeio ainda mais quando tudo isso nem vem do mérito do adversário, mas muito mais do nosso demérito.

O Benfica começou bem e parecia que íamos ter uma excelente tarde para nós, tal como têm sido os últimos jogos contra o Sporting. Mas não. De repente, Artur decide que o jogo estava demasiado fácil. Podem vir dizer que a culpa é do JJ por o ter colocado em campo. Sim, já devia ter percebido que o Artur é francamente mau a sair a cruzamentos (de olhos fechados??), não dá segurança à defesa e não ajuda nada no controlo da profundidade (aqueles sprints do Jardel até à área para mandar a bola para o mato só porque o Artur não queria sair da baliza). Mas o homem tem culpa que o Artur se lembre de tentar malabarismos? Com aqueles pés? Com aquela ausência de confiança gritante? E alguém me explique como é que alguém que defendeu penalties para dar um troféu à sua equipa e ainda defende um penalty na 1ª jornada, estando 300 minutos sem sofrer um golo tem tamanha falta de confiança? Precisa de quê para ganhar confiança? Marcar um golo de baliza-a-baliza? Felizmente este deve ser mesmo o seu adeus à titularidade. Podem-me falar do seu benfiquismo, mas eu também sou benfiquista e não tive as oportunidades dele (nem o Bernardo, aquele que viajou de França para ver o dérbi e que não tem qualidade nenhuma. Calma, que ele foi emprestado...)

Custa-me perceber que já estamos atrás do Porto e não estamos 5 pontos à frente do Sporting por culpa própria. Todos falharam, desde as oportunidades desperdiçadas pelos avançados às opções do JJ. Mas foda-se! Custa-me muito mais chegar do estádio sabendo que não ganhamos porque o nosso guarda-redes decidiu que um dérbi era o momento ideal para o seu momento kamikaze.

Tirando isto, é esperar que não nos tirem ninguém neste último dia de mercado e que caia em Lisboa um avançado (o médio e o central devem ser para esquecer...).

Hoje é dia de Benfica!

Chegou o dia! Mais um dérbi, mais um que se espera único e, se possível, com desfecho igual aos do passado recente. Hoje sem o nosso "mata-lagartos" mas com uma confiança enorme que todos temos sempre, independentemente do momento, antes destes jogos. Ficam aqui, vistos da bancada, os golos da época passada. (Vídeo retirado à excelente página do youtube E pluribus unum).


segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Descubra as diferenças

É cada vez mais difícil dizer quem é quem:

Pedro Mantorras
Rúben Amorim



   VS.

Pelo menos em termos de joelhos foram separados à nascença.

Resta saber se o Boavista (ou a Federação Portuguesa de Futebol) se vão responsabilizar pela lesão que ocorreu num relvado sintético em plena primeira Liga. Absolutamente ridículo como é permitido a este Boavista disputar jogos que não sejam dos distritais.

E por falar em infraestruturas, vejam as maravilhosas condições dadas ao adeptos do Benfica que pagaram o equivalente a um bilhete de um derby na Premier League:



















É o futebol que temos.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O Internacional Imaginário

Paços
O Paulo Fonseca conseguiu encontrar o caminho para o estádio certo e no continente certo. Agora que ele é treinador do Paços do Concelho já ninguém o engana. 

Sporting
No Sporting o melhor jogador da história do Mundo, William Carvalho, foi expulso e esteve pesadão enquanto jogou. Segunda a imprensa não há nada a temer porque o seu substituto para o próximo jogo será o espanhol Rosell.  O Record qualifica-o como sendo “internacional”. Pois é, o Rosell foi internacional por 25 minutos numa selecção que não existe - a selecção não oficial da Catalunha. Currículos Imaginários…Campeões. No campeonato da realidade estão a dois pontos. 

Porto
O Porto começou o campeonato muito forte. Cartão amarelo ao Enzo aos 5 minutos por uma falta normal e um penalty que só é marcado contra o Benfica mostram talento para limpar o campeonato com facilidade. Noutro estádio uma equipa espanhola de azul também ganhou. 

Benfica
Foi importante ganhar. O principio do campeonato é sempre difícil para Jorge Jesus. Não perder muitos pontos é o essencial enquanto a máquina não calibra. Depois de muitos meses de espectáculo e de muitas finais é normal que os adeptos esperem mais da equipa nestes primeiros jogos do que ela pode dar. Nesta fase a comparação com a qualidade de jogo de Abril e Maio de 2014 é injusta. Isto é verdade com estes jogadores ou com outros quaisquer. 

A equipa que temos, com Luisão, Gaitan, Enzo e Salvio em grande forma, seria uma séria candidata ao título se não houvesse taça de Portugal, taça de Liga e liga dos Campeões para jogar também. Indo longe nestas competições, a falta de profundidade do plantel irá fazer-se notar.  Ou já se esqueceram que chegamos ao fim do campeonato de rastos se jogar sempre a mesma equipa? De lembrar que o ano passado o Jesus resolveu rodar a equipa muitas vezes e foi o que se viu. 

Ganhámos um guarda redes para entrar quando for preciso defender penalties. É como se fosse no Andebol. Continua a faltar um guarda redes que seja ótimo nas bolas pelo ar, que saiba jogar com os pés, que seja seguro com a bola nas mãos e que tenha coragem para cobrir as costas da defesa alta de JJ. Giro como as principais qualidades de um guarda redes por estes dias já quase nem incluem “seja bom a fazer defesas”. Outro dia estava a ver um video no youtube sobre um guarda redes e só me perguntava: mas porque é que só mostram o rapaz a fazer defesas para a fotografia? E quando é que chega ao que realmente importa?

Continua a faltar um guarda redes, um médio e um ponta de lança. Trincos no plantel só mesmo o André Almeida. Já faltavam antes do mundial e continuam a faltar hoje. No futebol ganha normalmente quem tem melhores jogadores. Surpresa! Porque será que o Mourinho gasta sempre tanto milhão quando jogar com estrelas ou toscos é igual se ele é tão bom? Ajudem lá o nosso Mister ó faz favor. 

domingo, 17 de agosto de 2014

Quebrar a malapata

Está na hora de quebrar a série de jogos sem vencer na primeira jornada! Vamos lá rebentar com esses castores...

Os corruptos não podem fugir logo no primeiro jogo e temos de colocar ainda mais pressão num Sporting que tem o balneário em cacos ao fim de um jogo!

Jogue o Bébé, o Tiago, o Talisca, o Artur ou o Enzo...seja quem for, é para começar com o pé direito!

Vamos embora rapazes!

                                

P.S. - já se decidiam com o GR que vai ser contratado, boa? 

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Evangelizar na religião benfiquista

O nosso Benfica é um clube que ultrapassa a dimensão nacional. Até aqui ninguém tem dúvidas, no entanto para quem, tal como eu, vive fora de Portugal é estranho ver pessoas a quem a chamada do Benfica ainda não chegou.

No fundo precisamos de contratar testemunhas de Jeová para o Benfica. Malta que vá bater porta à porta a espalhar a boa nova do melhor clube do mundo.

Nunca fui testemunha de Jeová pelo que não tenho a apurada técnica de lavagem cerebral e submissão a outrém que eles possuem...a minha única obsessão é mesmo o Benfica e às vezes faltam as palavras para me expressar correctamente e fazer passar o meu ponto de vista. No entanto, não desisto. Soube à pouco tempo de uma iniciativa que aqui os ingleses têm de mandar "caixas surpresa" às suas tropas em zonas de guerra e que estavam a fazer uma colecta num hospital aqui perto. 
Mal a patroa fez a sua caixa e vi que era composta por gomas, rebuçados, desodorizantes, toalhitas e coisas básicas para nós no conforto do lar, mas que muita falta fazem a quem enfrenta cenários mais difíceis, tive uma epifania: meter mística benfiquista na caixa!  Levando as coisas literalmente, juntei a nossa revista "Mística" à tal caixa.

Já vão levar com a Mística no pacote
Lá por serem ingleses não são imunes a serem convertidos ao benfiquismo. E enquanto o Jesus e o Vieira não apostam na contratação em série de Jeovás (devem ficar mais baratos que os Luis Felipes e Candeias desta vida e com certeza ganham menos ordenado que o Artur) está por nossa conta, adeptos e sócios, espalhar a palavra de Cosme Damião!


Por hoje sinto que cumpri o meu dever.

sábado, 9 de agosto de 2014

Para que servem afinal?

Admito que não estou nem um pouco expectante em relação à entrevista de Luís Filipe Vieira. Sei que, o que quer que ele diga, não me tirará o pessimismo que tenho neste momento. E não é pessimismo em relação à época que se aproxima. Vai muito além disso. É um pessimismo que abrange o futuro do meu clube. O futuro do Sport Lisboa e Benfica.

O Benfica não tem dinheiro. Mas o Benfica compra. O Benfica gasta o que tem e o que não tem. E depois vende quando supostamente não tem de o fazer. O Benfica vende as suas principais promessas e fica com estrangeiros de qualidade duvidosa. O Benfica promete uma equipa da formação. E quando a sua formação apresenta qualidade, o Benfica vende-os. Ou melhor, o Benfica empresta-os (LOL?). Tirando a primeira frase, substituam Benfica por Vieira neste parágrafo.

E o Vieira, quando lhe perguntarem o porquê de os ter vendido emprestado (LOL?), se lhe perguntarem, o que é que ele vai responder? Que precisávamos do dinheiro (quando disse que não precisávamos)? Que não tinham espaço no plantel (o Luís Felipe ocupa o espaço todo)? Que foram emprestados e que voltam para o ano (quando toda a gente sabe que foram vendidos)? Que a proposta era demasiado tentadora e que não podíamos recusar (quando tinhas à tua frente algumas das maiores esperanças da formação do Benfica, para ter um Benfica "made in Benfica")?

Não foi certamente isto que Cosme Damião e os seus restantes saudosos colegas projetaram na farmácia Franco, em 1904. Não foi este Benfica que Eusébio encontrou quando chegou a Portugal, nem é este Benfica que ele gostaria de ver. E certamente, não é este o Benfica que todos sonhámos. Eu, pelo menos, não sonho com um Benfica que faz isto aos seus jogadores Benfiquistas.

Não uso este texto para culpar os tais 83% ou para congratular os 17%. Nunca o farei a benfiquistas como eu, que sentem o clube como eu e que certamente estão preocupados com o que se está a passar. Ou então não sabem o que se está a passar.

A formação está lá. O trabalho lá feito é fantástico e estão a sair de lá jogadores com qualidade, com o sonho de vestir a camisola do Benfica. A mesma camisola que nós adorámos e eles adoram desde miúdos. Façam o favor de não destruir sonhos. Usem o Seixal como uma casa, não como um mercado.

PS: Entretanto, um dos jogadores em maior destaque na pré-época do Benfica, vai jogando pela equipa B. E que jogo vai fazendo. Não duvidava nada que o Vieira estivesse neste momento a falar com o Lim e o Mendes a propósito deste miúdo: João Teixeira. Não lhe destruam o sonho também, por favor.

PS2: Encerro com uma metáfora fantástica, retirada do Ontem Vi-te: "Este é Andrés Iniesta. Magro, fraco, pequeno, frágil e pouco musculado, chegou à formação do Barcelona. Havia quem dissesse que Andrés tinha futuro - que tinha talento! -, mas logo foi decidido que um ser tão ridiculamente parco de músculos e força nunca podia ser jogador de futebol. Hoje serve no McDonald´s de Albacete, onde é o melhor do mundo a distribuir CBO´s."

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Contenção de Dolos

Houve dolo? Não houve dolo? No ano passado 3 minutos de atraso deixaram o Bruno de Carvalho à beira de um ataque nervos. Se Bruno fosse daquelas pessoas que comem quando ficam nervosas, tinha sido um problema. No final, parece que não houve dolo nenhum mas já era tarde demais. A palavra “dolo” já fazia parte do léxico do futeluso. Na ordem alfabética do futeluso, dolo ficou ali entre coca e emplastro. Eu por acaso tinha preferido “fodasse que isso dói” mas pronto, ficou dolo

Voltando ao Benfica. As estrelas do plantel saíram quase todas e as trutas para os substituir estão bem mais atrasadas do que 3 minutos. Se o atraso de 3 minutos foi dolo, o que será este atraso de vida? Um Dolão? Um Super-Dolo? O dolo dos 3 minutos de atraso comparado com isto não é nada mais que um dolinho

Nos anos 60 e 70 os tri-campeonatos do Benfica eram difíceis de gerir e o tetra emperrava sempre. Neste século parece que já nem sabemos gerir um único campeonato ganho. 

Mas enfim, na hora certa a avaliação será feita aos responsáveis por quem de direito… ou não. O que é certo é que o Benfica começa a época com um plantel menos talentoso e profundo que o ano passado. As segundas linhas do ano passado tornaram-se nas primeiras linhas deste ano. As segundas linhas deste ano são o Luis Felipe. 

Não só há menos talento como os potenciais titulares que persistem estão todos no estaleiro por tempo indeterminado: Luisão, Sílvio, Jardel, Fejsa, a confiança do Artur, o potencial do Talisca, o cérebro do Bebé, etc. A coisa está tão negra que há quem ponha o limite da esperança na permanência de 1 jogador! Enzo! Confesso que nem eu estou assim tão pessimista, mas ainda assim a opinião é indicadora do zeitgest Benfiquista nesta pré época. 

Posto isto, algumas decisões terão que ser tomadas porque o dolo tem que ser limitado. Aqui ficam as minhas sugestões. 
  • É um ano atípico mas o Benfica terá que se focar desde o principio em conquistar o campeonato e nada mais. A única coisa que falta a esta pré-temporada é o presidente ou o Jorge Jesus dizerem que “vamos atacar a champions!
  • Mais nenhuma contratação da treta. 
  • Se o Benfica não for capaz de contratar jogadores caros nos próximos anos, então esta época terá que ser usada para fazer crescer ao máximo os putos disponíveis. A ideia é tentar não perder não só o próximo campeonato, como não perder os dois ou três a seguir.
  • A serem contratados ainda umas trutas, então façam lá isso rápido. Só teremos alguma chance de lutar pelo campeonato se conseguirmos não perder a tonelada de pontos que se prevê enquanto a equipa não estabiliza e os lesionados não regressam do estaleiro. 
  • Como a coisa está, mais vale adiar a saída do Gaitan e do Enzo o mais possível. Normalmente saídas no último dia de Agosto ou em Janeiro não fazem sentido, mas ter estes dois pelo menos até Janeiro pode fazer uma diferença positiva. 
  • Eventualmente, tem que se avaliar o que aconteceu para que 3 meses depois de termos sido campeões chegássemos a esta situação e corrigir os processos que nos levaram aqui para que nunca mais aconteça. 
Sobre a avaliação do dolo, isto fica para outro post e provavelmente este não será o momento certo (haverá algum momento errado para identificar o que está errado?) mas deixo já aqui uma achega: 

Como gestor seja de que empresa for, a única maneira de melhorar resultados é melhorar os processos. Desculpar maus processos com bons resultados é meio caminho para o insucesso (ou para a vergonha infinita no caso do Porto). Isto é verdade para o Benfica e para o Ajax, mas também é para a Google, para a Nokia e para todas a empresas que possam pensar. É por isso que os processos fazem parte de qualquer avaliação de departamentos. No caso de uma pré-época do Benfica, dizer que só pode ser avaliada no fim do ano e que quem não está por dentro do Benfica não pode avaliar o processo é simplesmente mentiroso. Dezenas de clubes da dimensão do Benfica fazem um processo perfeitamente comparável todos os anos e à vista de toda a gente. Para além de que as acções da direcção podem ser avaliadas contra a estratégia que eles próprios anunciaram. Alguma avaliação é de facto possível. 

A não ser que quando o vosso filho chega a casa e diga que não estudou nada, que só copiou pelo vizinho do lado mas que mesmo assim passou (à rasca) no exame da terceira classe, vocês respondam: “boa filho. olha que bom” e depois abram mais uma jola.

Desculpar maus processos com bons resultados é meio caminho para o insucesso. Pior, pior só mesmo ignorar os processos por completo quando os resultados são bons. Não, minto, pior mesmo só impedir avaliações de processos. 

VIVA O BENFICA!

Era preciso ter cuidado porque ele era perigoso. Era o Cardozo!

O Cardozão passou no testes médicos (presumo que ao pontapé) e vai para a Turquia. O ponta de lança mais marcante da carreira do Rui Patrício deixa o Benfica. Eu proponho que se faça um jogo de homenagem e que se convide o Sporting. 

Cardozo e Nuno Gomes são os pontas de lança mais marcantes do Benfica dos últimos anos mas não podiam ser mais diferentes. Não dá para imaginar o Cardozo com o penteado do Nuno Gomes, nem dá para imaginar o Nuno Gomes a empurrar ninguém que tenha mais de 10 anos ou que tenha um cromossoma Y.

Cardozo foi um tipo que nunca parou de marcar golos. Nem sequer parou de marcar quando o obrigaram a vestir-se à powerpuff girl:
Nem parou de marcar quando mais parecia a popota:

Cardozo também é a única pessoa do mundo que fez dupla de ataque com Makukula e não acabou a espetar garfos na testa. 
                                               (Jokanovic, pergunta muito pertinente. Qual foi a resposta?)

Já Nuno Gomes viu o seu espaço reduzido com a chegada de Cardozo e tentou-se esconder atrás de duas chuteiras que alguém tinha deixado no relvado.
                                                         (O Paulo Bento está a tirar macacos do nariz?)

Eventualmente Cardozo foi obrigado a fazer dupla com Bergessio. Cardozo não desiste e agarra umas mamas imaginárias enquanto Bergessio morde o lábio.

A veia goleadora de Cardozo até sobreviveu a Quique Flores. Cardozo era tão bom que Quique Flores até passava ocasionalmente por treinador:
Eventualmente Jesus percebe que não pode ficar mais tempo longe de Cardozo e assina pelo Benfica. Cardozo passa a ser um titular regular. Fica ligado ao campeonato de 2010 e ao futebol mais alegre que eu já tive o prazer de presenciar no Benfica. Um campeonato que acabou assim:

Por esta altura já qualquer razão servia para Cardozo marcar golos. Aqui aproveita o lançamento do perfume do Benfica para marcar mais uns:

Ao longo de 7 anos Cardozo foi amado e odiado na mesma medida pelo terceiro anel. Os charutões deixam saudades, as perdas de bola nem tanto. Cardozo foi um especialista na literal “buja”, diminutivo da “bujarda”, mas nada de Cardozo foi diminutivo. Apesar de tudo, para mim o seu golo mais bonito é mais classe do que força.


Golos que valeram campeonatos e mais golos que valeram presenças em finais Europeias. Muitos golos, muitos aplausos, muitos assobios. 7 anos em cheio ó Tacuara. Foi um prazer.

Agora lembrem-se. Façam o que fizerem hoje, não imaginem o Cardozo com o penteado do Nuno Gomes e tudo correrá bem. 


GRANDE CARDOZO!

domingo, 3 de agosto de 2014

Bravo, Mister!

Terminada a Emirates Cup, e tendo em conta que nunca é bom perder jogos (Nunca!), existe pelo menos um ponto positivo a ser retirado: 

A direcção foi encostada contra a parede no que toca à saída de jogadores (os importantes, não os Jaras e Sidneis desta vida) e à entrada de reforços. 

Man of the Match: Jorge Jesus. 

Ao dizer ( ainda que meio em tom de gozo) que se saíssem mais jogadores ele podia sair também deu um sinal evidente (Mais um) que está contra o desmantelamento do plantel e que sem reforços podemos ver os titulos por um canudo. 

Manter Enzo e Gaitán é essencial. Comprar um guarda redes nunca foi tão importante (ainda mantenho os vómitos desde que vi o Artur de braçadeira) e já que finalmente enganámos os Turcos com o Cardozo é aproveitar para trazer um goleador. 

A pré época foi terrível mas uma vitória na supertaça pode ser o suficiente para alterar o rumo. Cheguem os reforços e vendo-nos livres dos cancros.

Luis Felipe, Sidnei, Jara, Candeias, Benito e sobretudo Artur não têm valor para o Benfica. Haja coragem de os despachar. 



Carrega Jesus!  Calas os ministros da propaganda sozinho!


sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Nem tudo são (Miguel) Rosas

Parece que cabe ao PLCI fazer o óbvio, que é colocar Bernardo Silva e Miguel Rosa na mesma frase.

Começo pelo meu desejo, que é que eles tenham dois caminhos muito diferentes. Contudo, não faz sentido ignorar que há muito de similar no percurso de ambos e nas expectativas que criam junto dos adeptos encarnados. 

Miguel Rosa juntou-se ás camadas jovens do Benfica em 1998 com 9 anos e lá se manteve nos 10 anos seguintes. Em 2008 é emprestado ao Estoril, no ano seguinte ao Carregado e nos 2 anos seguintes ao Belenenses. Em 2011 e 2013 ganha o prémio de jogador mais valioso da segunda liga (pelo meio, em 2012, ganha o prémio de Jogador Revelação da segunda liga? Como assim?).

Miguel Rosa foi internacional  português pelos sub17, sub18 e sub19, mas nunca pelos sub21 ou pela equipa sénior. Por estes dias, Miguel Rosa conta 25 anos e joga pelo Belenenses.

Para quem seguiu de perto o percurso de Miguel Rosa pelo Benfica, era quase um crime este jogador nunca ter sido incluído no plantel principal. Muito foi escrito sobre este assunto. Teorias de conspirações anti-Miguel Rosa, críticas a uma estrutura e a um treinador que sempre lhe negaram o estrelato que lhe estava reservado por direito (quase) divino.

Também muito foi escrito no sentido contrário: que o treinador é que sabia se ele tinha ou não valor para o Benfica e que o Benfica não lhe devia nada.

Aos 25 anos e depois de uma boa, mas nada de especial, temporada no Belenenses, Miguel Rosa parece estar no lugar que é o seu: um jogador médio numa equipa secundária do campeonato nacional. 

Em 5 anos de Jesus terão sido lançados Miguel Victor, André Almeida, Luis Martins (1 jogo), David Simão (2 jogos) Roderick (demasiados jogos), André Gomes, Oblak, Ivan Cavaleiro, Nelson Oliveira. 9 jogadores vindos da formação em 5 anos a quem foi dada a oportunidade de treinar com os seniores e de jogar pela equipa principal. Se me tiver esquecido de alguém, avisem.

Onde estão eles agora?
  • Miguel Victor (PAOK), Luis Martins (Gil Vicente), David Simão (Arouca), Roderick (Rio Ave): Jogadores médios em equipas médias. 
  • André Gomes e Oblak: Trutas, usados e vendidos como tal, depois de alguns empréstimos. 
  • Nelson Oliveira, Ivan Cavaleiro e André Almeida: Jogadores úteis no presente Benfica, mas nenhum é a chamada “truta”. 
Por comparação, importa referir também que nos últimos 5 anos foram utilizados muitos jogadores que chegaram do estrangeiro e agora estão em clubes médios noutras paragens (bem mais que 9…30?).

Olhando por outro prisma, nos 5 anos de Jorge Jesus no Benfica, nenhum jogador saiu do Benfica pela porta pequena para se ir tornar uma truta noutro lado qualquer (isto já contando com todos os atletas à sua disposição). Leiam lá esta frase outra vez que isto é importante. Nem um!

E nós, os adeptos do Benfica, pelo menos somos de confiança a descobrir trutas que mais ninguém vê ou nós deixávamos sair as trutas? Enzo Peres, Matic…tínhamos deixado sair pelo menos estes dois. Não, não somos de grande confiança neste aspecto. 

Resumindo todos estes factos acima descritos:
  • Nos últimos 5 anos, a formação Benfiquista não formou as 5 ou 6 trutas que pudessem ter sido a espinha dorsal de um Benfica Campeão. As evidencias mostram que se formaram jogadores médios para equipas médias.
  • Se tens talento médio, o Jorge Jesus potencia-te para um talento médio+ mas nunca para um nível truta. Entre jogadores de nível médio, JJ parece ter uma predilecção para apostar em quem vem de fora.
  • O adepto Benfiquista tem a tendência de ver estrelas onde elas não existem (Miguel Victor), e de não ver estrelas onde elas existem (Enzo…).
  • O JJ tem tendência de ver estrelas onde elas não existem (Emerson) mas nunca o contrário.
E como é que isto influencia a minha opinião sobre este assunto?
  • A formação do Benfica continuará a formar uma multidão de jogadores que terão como destino natural equipas médias de Portugal. Se houver talento muito acima da média na formação, Jorge Jesus irá explorá-lo. Espero que este talento lá esteja mas sou céptico quando este talento é anunciado por adeptos do meu clube e ignorado pelo meu treinador. A realidade dos últimos 5 anos é que se tivéssemos apostado principalmente na formação para suprir necessidades da equipa titular teríamos tido equipas muito piores do que as que tivemos. 
  • O Benfica pode ter no plantel vários jogadores de nível médio vindos da formação mas um plantel de nível médio não chega para o Benfica ser campeão. Ter feito toda a carreira no Benfica e ser um gajo porreiro como o Miguel Rosa não chega. Entre jogadores claramente medianos, em principio faz mais sentido apostar na prata da casa e diria que JJ poderia fazer mais isto. Faz sem duvida mais sentido do que o camião de jogadores médios que costuma chegar do estrangeiro no Verão...mas um camião de melancias também faz mais sentido do que isso. De qualquer maneira, não é na origem dos jogadores medianos que está a razão de o Benfica ser campeão ou não. Jogadores medianos são úteis e também podem ser um problema mas nunca serão a solução.
Sobre Bernardo Silva em particular, este plantel é tão miserável em criatividade na frente de ataque, que seja ele médio+ ou truta, para mim teria sempre lugar. Um grande abraço Bernardo Silva e que não tenhas nada a ver com o Miguel Rosa. Força aí!

CARREGA BENFICA!

Um herói anónimo e a miúda da meteorologia. A pré época do Benfica continua.

Ontem o Benfica teve mais um jogo onde passou 90minutos sem rematar à baliza. O guarda redes do Bilbau podia estar mascarado de Poupas da rua sésamo que ia dar ao mesmo. Os adeptos do Benfica olham para o lado e interrogam-se sobre a utilidade de fazer 4 jogos amigáveis em 5 dias contra equipas de champions. Ganhar moral não é certamente - “Só ganhamos mesmo é calo lá atrás.

Nem tudo é mau. Os speakers do Benfica arranjaram todos trabalho em estádios na Suiça. A intervenção do speaker por volta dos 85 minutos resume a pré época do Benfica na perfeição: 2-0 para o Bilbau, silencio total, meia dúzia de pessoas a dormir, meia dúzia de ovelhas a olhar de lado, e começa o speaker num volume completamente despropositado para a situação “SLBBBBB, SLLLBBBBBBBBBBB, GLORIOOOSSS…” até que alguém lhe desliga o microfone a meio da palavra “glorioso”. Um abraço sentido ao herói anónimo que sabe que há microfones que estão melhor desligados.

Por fim, a Benfica TV continua a inovar e agora tem uma nova rubrica no final dos jogos da pré época. É uma espécie de meteorologia de sentimentos. Em vez de dizerem “não se esqueçam do chapéu de chuva porque amanhã chove”, agora os adeptos do Benfica são obrigados a ouvir “não têm que ficar desanimados porque isto foi só um jogo de pré época”. Da minha parte, obrigado, mas não obrigado. Se me vão dizer o que devo ou não sentir, prefiro que usem uma miúda gira da meteorologia.

CARREGA BENFICA!

quinta-feira, 31 de julho de 2014

O Benfica vai aos Alpes

Todos os anos o Benfica joga com o Sion no cenário do filme Musica no Coração. Esse belo filme que ficou famoso pela canção “os cabeços estão vivos com o som da música”. Em vez da Julie Andrews cantando docemente, temos o Luis Filipe a correr pelo prado atrás do Yartey enquanto o Jorge Jesus grita com toda a gente de braços abertos. Vai dar ao mesmo. 

O treinador do Sion é director de vendas de uma empresa de Neuchatel e o Calado não comentou o jogo. Será que ele ouviu o Calado a falar das derrotas do Benfica e o contratou para gestor de conta? “Calado, vende-me esta caneta.

O João Teixeira pesa menos que o peso total que o Sidnei, o Eliseu e o Luis Filipe têm de perder. O João Teixeira perde menos bolas, os três estarolas perdem mais peso, o plantel perde o Sidnei e o Luis Filipe, e tudo acaba bem. 

Talisca a rematar torto…afinal era Sidnei” (…) “Talisca a não conseguir chegar ali para o remate…afinal era Jara”. Qual é a necessidade de andar a chamar nomes feios ao Talisca?

Resumindo, aproveitámos a onda dos adversários e desta vez jogámos contra uns mega coxos. Ganhámos e podíamos ter goleado, mas também podíamos ter sofrido 3 ou 4 golos. 

Nesta altura, o plantel principal parece a Feira de Carcavelos numa quinta feira de manhã - uma multidão que não se pode, rolexes de ouro misturados com rolexes de plástico, ninguém percebe porque está um senhor aos gritos e há sempre alguém que me faz lembrar o Quaresma. 

GLORIOSO BENFICA!

terça-feira, 29 de julho de 2014

A esquizofrenia mais bonita é a Benfiquista!

Temos por hábito afirmar meio na brincadeira que o Benfica é uma religião. Se alguma coisa faltava para confirmar que o Benfica é mesmo uma religião, basta olhar para a irracionalidade que percorre as caixas de comentários e posts da blogosfera Benfiquista para se ter a certeza.

Da minha parte, já me falta paciência para lidar com quem só sabe colocar as coisas em absolutos (estilo George W. Bush: "ou estão conosco ou contra nós" ), com quem não entende que ser “coerente” quando confrontado com factos contraditórios é idiota, com quem não entende que o valor da mensagem não tem nada a ver com o mensageiro, com quem quer limitar a liberdade de expressão de outros (!!), com quem acha que o Benfica é demasiado pequeno para opiniões contrárias às suas. Salvo raras excepções, a falta de lógica e de civismo na discussão da pré época Benfiquista é aterradora… se não fosse um tudo nada engraçada também: 

1) Mais uma vez, o Benfica contrata uma data de jogadores por milhões para serem imediatamente emprestados. 

- O fundamentalista pró-vieira: “Não vou responder directamente a isto mas vou insultar quem quer que mencione isto e vou acusa-lo imediatamente de ter uma agenda secreta.  Deixa-me só ver aqui o meu manual de scientology sobre como lidar com perguntas difíceis.

- O fundamentalista contra-vieira: “2 milhões directamente para a sua conta bancária a meias com pinto da costa. Faz tudo parte da estratégia: “o plano para fuder o Benfica mais longo e complicado da história””

- O gajo normal do Benfica: “Estes milhões não devem fazer falta para contratar trutas, só pode.

2) Trutas do plantel campeão já saíram Oblak, Garay, Markovic, Rodrigo. Enzo e Gaitan ainda se fala que possam sair. 

- O fundamentalista pró-vieira: “Isso são vocês que só querem é desestabilizar o Benfica com noticias inventadas pela CS anti-benfica seus talibans! … como? Saíram mesmo estes todos? hmmm. Ah, já sei. Vieira fez tudo o possível e o impossível para que eles ficassem (Deus te guarde Veiria) e foi o melhor do mundo nas negociações. Mesmo com as saídas tenho a máxima confiança que vamos ser campeões outra vez! Não duvido nunca! Eu acredito!… menos se o Enzo e o Gaitan saírem. Assim já não acredito nada...mas agora como é que eu vou dizer isto sem ser acusado pelos meus colegas de ser talibã? Ah, há sei: nesse caso a porca já torce o rabo! Perfeito."

- O fundamentalista anti-vieira: “Este campeonato e os próximos 5 já foram ao ar. O Vieira pôs a finanças do clube no abismo e agora expulsa os melhores jogadores por tuta e meia quando eles nem se queriam ir embora. A destruição da equipa campeã está completa e faz parte da sua caminhada para o homem mais rico de Portugal. Agora é o Miguel Rosa vai ser uma estrela.

- O gajo normal do Benfica: "desde que haja talento à disposição, o nosso treinador é homem para nos por a lutar pelo título. Com menos probabilidades de sucesso do que se ficassem todos, claro."

3) O Luis Filipe Vieira vai à casa de banho e deixa a tampa da sanita aberta. 

- O fundamentalista pró-vieira: “Essa sanita nem sequer aí estava se o nosso grade líder não a tivesse construído. Os talibans nem deviam puder usar as sanitas do estádio que tanto criticaram. São todos uns cagões!”

- O fundamentalista anti-vieira: “A questão é: os vieiristas limparam-lhe o cu ou ele limpou-se a si próprio?”

- O gajo normal do Benfica: "O nosso presidente foi a Alvalade e deixou a porta aberta?"

Eu já não sei se quero menos ou mais desta palhaçada, mas que isto é cómico lá isso é. Sem qualquer dúvida, a esquizofrenia mais bonita veste de vermelho e branco e é também ela muy gloriosa.